Cebolinho: o produto de nicho de mercado com sabor

TEMA DO MÊS

Cebolinho: o produto de nicho de mercado com sabor

Cebolinho: o produto de nicho de mercado com sabor

O cebolinho, do seu nome latino Allium schoenoprasum, faz parte da grande família Liliaceae e do género Allium. É uma erva fresca comum cultivada em toda a Europa, Ásia e América do Norte. É bem conhecida pela sua utilização como erva fresca na cozinha (principalmente em saladas de tempero e outras refeições). As folhas do cebolinho são realmente semelhantes às folhas da cebola, mas um pouco mais pequenas: uma forma redonda e oca, bem erguida e saindo diretamente do bolbo da planta (que está acima do solo). As flores apresentam diferentes tonalidades de rosa e roxo, dependendo da sua idade e são muito apreciadas pelas abelhas. Como o alho ou a cebola, tende a desenvolver um pequeno bolbo cónico, como uma chalota realmente pequena, que ajuda a planta a ser perene. De facto, o cebolinho faz parte das plantas que "vivem para sempre" ou pelo menos permanecem no lugar mais de 2 anos. Após vários anos, pode, contudo, perder um pouco de vigor.

 

O cebolinho não deve ser confundido com o cebolinho de alho, o vegetal asiático muito popular. Tem folhas maiores e é colhido com as suas raízes.

 

 

 

Como é vendido o cebolinho?

 

As vendas podem ser feitas em fresco, em bouquets ou molhos, vendidas em supermercados ou por vezes em lojas ou mercados de pequenos produtores. Mas também, sob embalagens de plástico em uma atmosfera protectora (para permitir uma maior capacidade de armazenamento). É este ponto de comercialização que é o mais comum. Os molhos de cebolinho fresco são utilizados como guarnição de muitos pratos na Europa, Médio Oriente ou cozinha americana.

 

Como outras ervas aromáticas como a salsa ou o manjericão, o cebolinho não se armazena bem uma vez cortado. Como já mencionámos no nosso artigo sobre salsa, vegetais verdes e aromáticos são muito sensíveis à luz, calor e frio, e podem secar ou desvanecer-se muito rapidamente. A solução para ter um produto fresco e de alta qualidade é a forma congelada. Ligeiramente mais desenvolvida para salsa e manjericão, esta forma de produto é realmente apreciada por chefs e restaurantes. Mas o cebolinho também pode ser vendido seco, embora a qualidade do sabor diminua quando a planta é aquecida e seca.

 

Actualmente, o cebolinho é um produto de "nichode mercado" : com exceção de algumas regiões onde é altamente produzido (comoem em algumas zonas parte da Alemanha), continua a ser uma pequena cultura para agricultores diversificados. São os grandes produtores de aromáticas que tendem a desenvolver a produção.

Quais as variedades a utilizar?

Dependendo da utilização, os produtores preferem as variedades: específicas para vasos, frescas ou industriais porque algumas cebolinhas são adaptadas para muitos cortes e outras crescem melhor em vasos... Em termos gerais, os produtores procuram variedades que tenham uma boa capacidade de recrescimento, com folhas verdes fortes, grandes e profundas.

 

Por VOLTZ Maraîchage oferecemos uma vasta gama de variedades de cebolinho, adaptadas às necessidades e pedidos dos nossos clientes. Aqui estão algumas que se destacam no grupo!

 

 

MARLAU F1

 

MARLAU F1 é uma variedade dedicada aos mercados dos frescos e da indústria. A sua altura pode atingir 50 cm. Tem uma boa capacidade de rendimento e uma produção muito homogénea. A variedade não é muito susceptível à ferrugem.

 

 

Peça por

FITLAU

 

Esta variedade pode medir cerca de 30 a 35 cm de altura. Tem folhas finas e verdes escuras que são realmente fortes. FITLAU é utilizada para o mercado de frescos.

Peça por

POLYVERT

 

POLYVERT é uma variedade com folhas fortes de diâmetro médio e uma altura de 45 cm. É bem erguido e robusto. É muito flexível no cultivo. O crescimento das folhas mantém-se homogéneo mesmo após vários cortes. Para frescos ou para a indústria.

 

 

Peça por

CONSELHAS

Para saber mais sobre sementeira, plantação.... Consulte a nossa secção de aconselhamento.

O NOSSO GUIA DE CULTURA